PERGUNTAS FREQUENTES

O curso é reconhecido pelo MEC ?

Todos os nossos cursos profissionalizantes têm os seus planos autorizados e homologados pela Diretoria Regional de cada unidade de Ensino. O MEC reconhece apenas cursos do Ensino Superior.

  • Unidade 1: Autorizada pela Port. da Dirigente Regional Sul 2 , publicado em D.O.E. de 11/12/2002.
  • Unidade 2: Autorizada pela Port. da Dirigente Regional Sul 3, publicado em D.O.E. de 24/01/2006.
  • Unidade 3: Autorizada pela Port. da Dir. Regional Leste 2, publicação em D.O.E de 28/02/2008.
Posso iniciar o curso, mesmo ainda cursando o ensino médio?

Sim, o aluno deverá estar cursando o 3º ano do Ensino Médio.

Qual é o critério para aprovação em cada módulo ?

A média final é 6,0 (seis) e a frequência mínima de 75% em cada disciplina.

Qual é a formação dos professores que ministram as aulas no curso?

A grande maioria do corpo docente é graduada com engenheiros elétricos e eletrônicos. Eles têm o conhecimento da indústria, e poderão mostrar aos alunos toda a sua experiencia vivida no ambiente industrial.

Tenho obrigatoriamente que cumprir estágio no final do curso?

Sim, o estágio profissional é obrigatório. Poderá iniciar o estágio somente após ter iniciado o curso e a carga horária exigida pela escola é de 240h, ou 6 meses se contratado pela empresa.

Em que local o estágio será realizado?

 A escola exige no mínimo 240 horas.

O estágio é de responsabilidade da escola?

Não. A escola apenas auxilia indicando vagas nos murais da escola e faz a coordenação/orientação.

Então qual é o procedimento para eu conseguir o estágio?

Cadastrar o currículo nos sites do CIEE e NUBE. Havendo vagas para o seu perfil, os agentes de integração farão o convite via email ou telefone.

Qual é o procedimento para eu oficializar o início de estágio junto à escola e a empresa?

Escola, Aluno, Empresa e Agente de Integração (se existir), deverão assinar Termo de Compromisso de estágio com a ciência das partes.

Quanto tempo eu tenho para entregar o relatório de estágio?

Até um ano após o término do último módulo do curso.

O que significa CREA e qual a sua função?

CREA – Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia. É um Conselho que regula as profissões e supervisionam os profissionais atuantes, neste caso, os cursos técnicos em eletrotécnica.

Após ter finalizado o estágio, como devo proceder para obter o registro no CREA?

Solicitar na secretaria escolar o diploma e o histórico escolar. Consulte o site do CREA (www.creasp.org.br), e verifique os demais documentos solicitados.

Posso cursar apenas os módulos teóricos se eu não quiser cumprir o estágio?

Sim, porém, ao cursar apenas os módulos teóricos, poderá solicitar apenas os Certificados Modulares, que são certificados de qualificação. Para obter o diploma ou a Habilitação Técnica em Eletrotécnica, obrigatoriamente terá que cumprir o periodo de estágio ou aproveitamento profissional.

Caso eu finalize apenas os módulos teóricos, estarei HABILITADO como técnico em eletrotécnica?

Não. A habilitação só será obtida se finalizar todos os módulos teóricos com êxito e cumprir o estágio profissional.

Venho de outra escola (transferência) e quero fazer a matrícula aqui. Lá eu finalizei algumas disciplinas técnicas. Qual é o processo para eliminá-las aqui ?

Serão analisados o histórico escolar, a carga horária de cada disciplina e os conteúdos. Se forem equivalentes a nossa grade curricular, as disciplinas podem ser eliminadas (aproveitamento de estudos).

O curso é reconhecido pelo MEC?

Todos os nossos cursos profissionalizantes têm os seus planos autorizados e homologados pela Diretoria Regional de cada unidade de Ensino. O MEC reconhece apenas cursos do Ensino Superior.

  • Unidade 1: Autorizada pela Port. da Dirigente Regional Sul 2 , publicado em D.O.E. de 11/12/2002.
  • Unidade 2: Autorizada pela Port. da Dirigente Regional Sul 3, publicado em D.O.E. de 24/01/2006.
  • Unidade 3: Autorizada pela Port. da Dir. Regional Leste 2, publicação em D.O.E de 28/02/2008.
Qual a formação que devo possuir para iniciar o curso de auxiliar e técnico em enfermagem?

Para iniciar o curso de auxiliar de enfermagem é necessário ter concluído o ensino fundamental e para o curso de técnico em enfermagem, o aluno pode estar cursando o terceiro ano do ensino médio.

O curso oferece aulas práticas?

Sim, as aulas práticas acontecem no laboratório de enfermagem, conforme planejamento de aula definido pela coordenação.

Qual é a formação dos professores?

Todos os professores que ministram aulas para os cursos auxiliar de enfermagem e técnico em enfermagem são professores graduados em enfermagem, especialistas em docência ou concluindo a especialização. Temos também em nossa equipe de professores: especialistas, mestres e doutor.

O curso possui estágios?

Os cursos possuem estágio supervisionado obrigatório. O aluno só terá o certificado ou diploma de conclusão se cumprir todas as horas de estágio.

Qual é o tempo de duração desses estágios?É de responsabilidade de a escola ofertá-los?

O estágio dos cursos, auxiliar de enfermagem tem duração de 400 horas e do técnico em enfermagem tem duração de 200 horas, realizados nos campos de estágio, nos locais conveniados pela escola.

Quais são os campos de estágios dos alunos?

Os estágios são realizados em hospitais, clínicas e postos de saúde, conforme a disciplina ofertada.

Estou vindo de outra escola em que já havia iniciado o curso. Gostaria de saber se posso me matricular aqui e aproveitar o que já estudei?

Serão analisados o histórico escolar, a carga horária de cada disciplina e os conteúdos. Se forem equivalentes a nossa grade curricular, as disciplinas podem ser eliminadas (aproveitamento de estudos).

Qual é o conselho que regula a profissão de auxiliar de enfermagem e técnico em enfermagem?

O conselho que regulamenta a profissão no estado de São Paulo é o Coren (Conselho Regional de Enfermagem) e a nível nacional temos o Cofen (Conselho Federal de Enfermagem).

Após o término do curso, como eu devo proceder para obter o meu registro no Coren?

Depois de concluir toda a carga horária de estágio e  realizar o juramento, o aluno deverá solicitar o certificado para o curso de auxiliar de enfermagem e o diploma para o curso de técnico em enfermagem. Após a retirada dessa documentação, o aluno pode ir até o Coren e solicitar o seu registro.

O curso é reconhecido pelo MEC?

Todos os nossos cursos profissionalizantes têm os seus planos autorizados e homologados pela Diretoria Regional de cada unidade de Ensino. O MEC reconhece apenas cursos do Ensino Superior.

 

  • Unidade 1: Autorizada pela Port. da Dirigente Regional Sul 2 , publicado em D.O.E. de 11/12/2002.
  • Unidade 2: Autorizada pela Port. da Dirigente Regional Sul 3, publicado em D.O.E. de 24/01/2006.
  • Unidade 3: Autorizada pela Port. da Dir. Regional Leste 2, publicação em D.O.E de 28/02/2008.
Posso iniciar o curso, mesmo estando com o ensino médio em andamento?

Sim, cursando o 3° ano, último ano, do ensino médio.

O curso oferece aulas práticas?

As aulas práticas acontecem no laboratório e em sala de aula desde o primeiro até o último módulo, conforme planejamento de aula definido pela coordenação.

Qual a formação dos professores que ministram as aulas no curso?

O corpo docente é no mínimo graduado, mas temos um grupo de especialistas, mestres e doutores: farmacêuticos, biólogos, enfermeiros, fisioterapeuta e químicos.

Tenho obrigatoriedade em cumprir o estágio até o final do curso?

Resposta: Não, o estágio poderá se feito a partir do 2° módulo e o prazo para realização e entrega do relatório de estágio é de até um ano após o término da turma.

Qual é o tempo de duração do estágio?

O aluno deverá cumprir no mínimo 300 horas de estágio.

O estágio é de responsabilidade da escola?

O estágio é de responsabilidade do aluno, mas a escola oferece vagas de estágio através de alguns parceiros de estágio, como hospitais, farmácias de manipulação e drogarias.

Como é o tipo de avaliação da escola?

Objetivando oferecer um processo de avaliação de qualidade, a Sequencial elaborou um Sistema de Avaliação que avalia as atividades realizadas em sala de aula (Exercícios), atividades realizadas extra classe (Trabalhos), a análise do professor sobre a participação do aluno na aula, no desenvolvimento das práticas e atividades, na participação dos debates e discussões (Participação do Aluno) e a Avaliação Oficial (Prova).

Existe algum evento ou outra atividade fora da escola no decorrer do curso (atividades extra-classe)?

Durante o curso, algumas visitas são planejadas com as salas e os respectivos professores, tais como, laboratório de anatomia UNISA e USP, Instituto Butantã – Museus de Microbiologia, Biológico e Histórico, Jardim Botânico, Feiras Farmacêuticas FCE PHARMA e etc., podendo ser no horário de aula ou aos sábados.

O curso é reconhecido pelo MEC ?

Todos os nossos cursos profissionalizantes têm os seus planos autorizados e homologados pela Diretoria Regional de cada unidade de Ensino. O MEC reconhece apenas cursos do Ensino Superior.

Posso iniciar o curso, mesmo com o ensino médio em andamento?

Sim, o aluno deverá estar cursando o 3º ano do Ensino Médio.

A disciplina eletrônica digital faz parte da grade do curso?

Sim, dentre outras da matriz curricular. Mostramos uma visão geral de eletrônica.

Qual é o critério para aprovação em cada módulo ?

A média final é 6,0 (seis) e a freqüência mínima de 75% em cada disciplina.

O curso oferece aulas práticas?

Sim. As aulas práticas são aplicadas gradativamente durante os 3 módulos nos laboratórios da unidade.

Quais são os principais instrumentos e equipamentos do laboratório?

O laboratório de eletrônica é equipado com multímetros digitais, osciloscópios, gerador de funções, CLP, Inversor de freqüência, Fontes de alimentação digitais, componentes eletrônicos, etc.

O que veremos experimentalmente no laboratório?

Montagens de circuitos eletroeletrônicos, verificação de funcionamento, visualização de formas de onda, medidas de grandezas elétricas, montagens de projetos e circuitos eletrônicos de baixa amperagem.

Vou aprender a consertar TV durante o curso?

O curso de eletrônica proporciona uma visão geral de cada disciplina. A orientação é que após o ensino profissionalizante, o aluno deverá escolher um curso de especialização no tema que mais se identificar.

Qual é a formação dos professores que ministram aulas no curso?

A grande maioria do corpo docente é graduada, engenheiros elétricos e eletrônicos. Eles têm o conhecimento da indústria e poderão mostrar aos alunos toda a sua experiência vivida no ambiente industrial.

Tenho obrigatoriedade em cumprir o estágio?

Sim, o estágio profissional é obrigatório para a conclusão do curso. O aluno poderá iniciar o estágio após ter iniciado o curso e a carga horária exigida pela escola é de 200h, ou 6 meses se contratado pela empresa.

Em que local o estágio será realizado?

Na empresa concedente de estágio sob convênio.

O estágio é de responsabilidade da escola?

Não. A escola apenas auxilia indicando vagas nos murais da escola e faz a coordenação/orientação.

Então qual é o procedimento para eu conseguir o estágio?

Cadastrar o currículo nos sites do CIEE e NUBE. Havendo vagas para o seu perfil, os agentes de integração farão o convite via email ou telefone.

Qual é o procedimento para eu oficializar o início de estágio junto à escola e a empresa?

Escola, Aluno, Empresa e Agente de Integração (se existir), deverão assinar Termo de Compromisso de estágio com a ciência das partes.

Quanto tempo eu tenho para entregar o relatório de estágio?

Pode ser entregue até um ano após o término do último módulo do curso.

O que significa CREA e qual a sua função?

CREA – Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia. É um Conselho que regula as profissões e supervisionam os profissionais atuantes, neste caso, os cursos técnicos em eletrônica.

Após ter finalizado o estágio, como devo proceder para obter o registro no CREA?

Solicitar na secretaria escolar o diploma e o histórico escolar. Consulte o site do CREA (www.creasp.org.br), e verifique os demais documentos solicitados.

Posso cursar apenas os módulos teóricos sem cumprir o estágio?

Sim, porém, ao cursar apenas os módulos teóricos, poderá solicitar apenas os Certificados Modulares, que são certificados de qualificação. Para obter o diploma e a Habilitação Técnica em Eletrônica, obrigatoriamente terá que cumprir o período de estágio ou aproveitamento profissional.

Caso eu finalize apenas os módulos teóricos, estarei HABILITADO como técnico em eletrônica?

Não. A habilitação só será obtida se finalizar todos os módulos teóricos com êxito e cumprir o estágio profissional.

Venho de outra escola (transferência) e quero fazer a matrícula aqui. Lá eu finalizei algumas disciplinas técnicas. Qual é o processo para eliminá-las aqui?

Serão analisados o histórico escolar, a carga horária de cada disciplina e os conteúdos. Se forem equivalentes a nossa grade curricular, as disciplinas podem ser eliminadas (aproveitamento de estudos).

O curso é reconhecido pelo MEC?

Todos os nossos cursos profissionalizantes têm os seus planos autorizados e homologados pela Diretoria Regional de cada unidade de Ensino. O MEC reconhece apenas cursos do Ensino Superior.

  • Unidade 1: Autorizada pela Port. da Dirigente Regional Sul 2 , publicado em D.O.E. de 11/12/2002.
  • Unidade 2: Autorizada pela Port. da Dirigente Regional Sul 3, publicado em D.O.E. de 24/01/2006.
  • Unidade 3: Autorizada pela Port. da Dir. Regional Leste 2, publicação em D.O.E de 28/02/2008.
Posso iniciar o curso, mesmo estando com o ensino médio em andamento?

Não, o aluno deve ter concluído o ensino médio, apresentar declaração de conclusão no ato da matrícula e ter 18 anos completos.

O curso oferece aulas práticas?

As aulas práticas acontecem no laboratório e em sala de aula no decorrer dos módulos, conforme planejamento de aula definido pela coordenação.

Qual a formação dos professores?

O corpo docente é formado por técnicos com larga experiência na área, Tecnólogos em Radiologia, Biomédicos, fisioterapeutas, físicos e um grupo de especialistas.

Tenho obrigatoriamente que cumprir estágio até o final do curso?

Não, o estágio poderá se feito a partir do 2° módulo e o prazo para realização e entrega da carga horária de estágio é de até um ano após o término da turma.

Qual é o tempo de duração do estágio?

O aluno deverá cumprir no mínimo 400 horas de estágio.

O estágio é de responsabilidade da escola?

O estágio é de responsabilidade do aluno, mas a escola oferece vagas de estágio através de alguns parceiros de estágio, como hospitais e clínicas médicas.

Como é o tipo de avaliação da escola?

Objetivando oferecer um processo de avaliação de qualidade, a Sequencial elaborou um Sistema de Avaliação que avalia as atividades realizadas em sala de aula (Exercícios), atividades realizadas extra classe (Trabalhos), a análise do professor sobre a participação do aluno na aula, no desenvolvimento das práticas e atividades, na participação dos debates e discussões (Participação do Aluno) e a Avaliação Oficial (Prova).

O técnico em radiologia pode adquirir alguma doença por trabalhar com radiação?

Não, o técnico em radiologia não fica exposto à radiação ionizante em seu período de trabalho, considerando o uso apropriado de EPI’S (colete de chumbo, protetor de tiróide, medidor dosimetro, etc.), e durante curso o aluno terá a disciplina de proteção radiológica. 

A aluna em período de gestação pode se matricular no curso?

Sim, pode freqüentar as aulas normalmente incluindo as práticas, mas só poderá ir para campo de estágio após a gestação.

O campo de trabalho é difícil para mulheres?

Não, o campo de trabalho é igual para todos, só depende da aplicação do aluno e do seu desenvolvimento. A aluna além do vasto mercado da radiologia ainda tem como preferência a especialidade na área de mamografia.