CURSO Técnico em Segurança do Trabalho

Técnico em Segurança do Trabalho

Atua em ações preventivas nos processos produtivos com auxílio de métodos e técnicas de identificação, avaliação e medidas de controle de riscos ambientais de acordo com normas regulamentadoras e princípios de higiene e saúde do trabalho. Desenvolve ações educativas na área de saúde e segurança do trabalho. Orienta o uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPI) e Equipamentos de Proteção Coletiva (EPC). Coleta e organiza informações de saúde e de segurança no trabalho. Executa o Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA). Investiga, analisa acidentes e recomenda medidas de prevenção e controle.

CONHEÇA A GRADE CURRICULAR DO CURSO

Módulo Componentes Curriculares Carga Horária
Módulo I Legislação I 40
Administração Aplicada à Segurança do Trabalho I 40
Fundamentos de Segurança do Trabalho I 40
Introdução à Higiene Ocupacional 40
Segurança Aplicada 40
Prevenção e Combate a Incêndio 40
Primeiros Socorros 40
Desenho Técnico 40
Psicologia e Ética Aplicada 40
Língua Portuguesa 20
Metodologia de Pesquisa I - TCC 20
Módulo II Segurança Aplicada na Construção Civil 40
Segurança Aplicada em Riscos Elétricos 40
Higiene do Trabalho – Agentes Físicos 80
Higiene do Trabalho – Agentes Químicos 40
Higiene do Trabalho – Agentes Biológicos 40
Ergonomia 40
Prevenção e Combate a Sinistro 40
Segurança nos Processos Industriais I 40
Metodologia de Pesquisa II - TCC 40
Módulo III Legislação II 40
Administração Aplicada à Segurança do Trabalho II 40
Fundamentos de Segurança do Trabalho II 40
Proteção do Meio Ambiente 40
Prevenção e Controle de Perdas 40
Gestão Integrada 40
Segurança nos Processos Industriais II 40
Marketing e Metodologia  de Ensino 40
Metodologia de Pesquisa III-TCC 80
Total 1.200

Mercado de Trabalho

O mercado para o técnico de segurança do trabalho é amplo e predomina nas grandes empresas localizadas, principalmente, nas metrópoles do país. A região Sudeste é uma das que mais registra acidentes e doenças ocupacionais, por concentrar maior número de empresas, demandando ações preventivas importantes. Assim, torna-se um mercado atrativo para este profissional, que pode desenvolver importantes técnicas de profilaxia e prevenção da saúde do trabalhador, detectando os riscos ao profissional e apontando soluções.

Devido a uma maior preocupação com as condições de trabalho oferecidas aos funcionários e rigorosidade da lei que regulamenta as relações trabalhistas, a atuação do técnico de segurança do trabalho tem hoje grande impulso e variadas opções em seus nichos de mercado. Ele pode atuar desde pequenas empresas regionais até grandes multinacionais que procuram instalar suas filiais no Brasil. As empresas governamentais de médio e grande porte também podem ser locais de atuação para este profissional, pois se torna necessária a presença do técnico de segurança do trabalho nestas companhias para maior verificação do cumprimento das normas trabalhistas.

O salário médio para o técnico em segurança do trabalho em São Paulo é de R$ 2.000,00. (fonte:  http://www.salariometro.sp.gov.br/)

Estágio

ESTÁGIO NÃO OBRIGATÓRIO

O curso técnico em Segurança do Trabalho prevê estágio opcional de 120 horas. *

*Para turmas a partir de 2018.

Registros

LDB 9394/96; Parecer CNE/CEB 16/99; Decreto 5.154/2004 Indicação CEE 8/00; Res. CNE/CEB 1/2005.

Autorização por Portaria de 8/10/2004, publicada em DOE de 09/10/2004.

Duração do Curso

1 ano e meio
3 módulos de 6 meses cada

Horários das Aulas

Manhã:
07h30 às 11h20 [Unidade 1, 2, 3 e 4]

Tarde:
13h30 às 17h20 [Unidade 1, 2, 3 e 4]

Noite:
19h00 às 22h30 [Unidade 1, 2, 3 e 4]

Pré-requisitos

- Ensino médio completo ou cursando o último ano do ensino médio
- 16 anos completos

Documentos para Matrícula

O aluno deverá apresentar cópias e os originais dos seguintes documentos:
- Certidão de nascimento ou casamento
- RG
- CPF
- Título de Eleitor
- Fotos 3x4
- Comprovante de endereço com CEP
- Histórico escolar do ensino médio